Skip navigation

Contato: 17-97580541

 
 
Taty Moreno, 25 anos, acompanhante na cidade de S.j. Rio Preto dedica uma parte do seu tempo, em oferecer serviços completos de acompanhante na cidade de São José do Rio Preto, sendo assim, muito requisitada por homens de bom gosto, que apreciem uma companhia de alto nivel, carinhosa, sensual e discreta. Uma mulher que está sempre disposta a realizar novas experiências a dois e assim descobrir cada vez mais os infindáveis segredos do sexo masculino…

Sou uma Gata super divertida, discreta e que com certeza te levará a loucura… Então não perca mais tempo me liga agora…
Venha sentir comigo os prazeres que jamais você ousou sentir. Sou sapeca e adoraria provocar você. Vem me pegar no colo vem!!!

Tenho como objetivo, oferecer um atendimento inigualável,Espero que nos tornemos amigos,e que você sempre volte!Só aceito compromissos previamente agendados . Meu “presente” ( in cash) deverá ser entregue,logo nos primeiros momentos do nosso encontro,para evitar situações desagradáveis,MínimoR$ 200,00 *****R$ 250,00 ***** 1h 30Somente para os que sabem que qualidade é mais importante que quantidade,e que as melhores coisas da vida não tem preço.


Sei me presenciar em qualquer local, desde o mais singelo, ao mais cortês. Desde o mais simples ao mais sofisticado ambiente.Se acaso sua intenção é para convites de: Jantares, Viagens, Almoço de Negócios ou acompanhamento para alguma importante ocasião, se tiver interesse pode me contratar que serei absolutamente uma Lady nos momentos oportunos.Venha comprovar por você mesmo !Espero conhecê-lo em breve!Beijos,”Desconfie do barato, pois ele pode custar mais caro depois”

Sou uma Gata super divertida, discreta e que com certeza te levará a loucura… Então não perca mais tempo me liga agora!!!
Venha sentir comigo os prazeres que jamais você ousou sentir. Sou sapeca e adoraria provocar você. Vem me pegar no colo…vem!
Atendimento em dupla só farra..rs…
Ontem fiz um programa com um cliente de rj. 
Ele estava muito a fim de sexo e – porque o seu namoro tinha acabado e ele estava desesperado.
Queria atenção, carinho, papo furado e muito, mas muito sexo.
Pediu uma para eu levar uma amiga então atendendo o pedido levei a Angely.
Chegando ao mote l ele tiramos a roupa fomos ao banho, logo em seguida
deitou na cama de bum bum pra cima.
Comecei a massagear os pés dele e a Angely dando em todo corpo dele beijos, ele estava tenso pois dizia ser a primeira vez que havia saido com duas mulheres,fomos para hidro acompanhando de um vinho para dar uma relaxada, depois de muita pegação fomos para cama.
ele se deitou de bruço, e fui subindo até o bum bum dele , não agüentei e só de sacanagem dei uma mordidinha na bundinha depois passei a lingua no anus enquanto Angely chupava gulosamente a pica dele.
Pensei que ele tava querendo que eu fizesse o biotok, não deu outra ele pediu.
Devagarinho, fui metendo o meu dedinho, enquanto mordiscava suas costas.
Nossa ele foi ficando todo arrepiado, ai eu notei que ele tava gostando.
Daí eu passei a mão no meio das coxas e tentei pegar o saco, vi que o pau já tava duro – e com uma das mãos, ele começou a acariciar minha bucetinha e se virou de frente, enquanto chupava minha amiga safadinha eu lambia as bolas dele e o tabinho.
Virei ele pra cima, meti uma camisinha na pica . Estava bem dura.
Fiquei pirada. Tava toda molhadinha, virei de bunda pra ele pedi pra meter. Ele errou, tava quase comendo meu cu. Eu tava sentindo vontade de tomar na bucetinha – ajeitei com a mãos, peguei as bolas dele, dei um leve apertão e fui pondo tudo pra dentro.
Não, resisti, gozei antes dele. Coisa boaaaaa!!!
Ai ele me pegou, e voou pra cima de mim na cama, aquele enorme pau veio rasgando, deu até uma dorzinha gostosa. Cheguei a ficar imaginando aquele pau inteiro jorrando na minha boca, trocamos preservativo e logo enseguida ele estava fudendo minha amiga de 4 enquanto eu estava por tras dele com meu dedidnho malicioso ele naoa guentou por final jorrando leitinho na boca de minha amiga e eu.foi tudo de bom. logo ele acabou gozando. quem sabe da próxima vez não rola uma bundinha rsrs!!!

Ele chegou, antes de começar a brincadeira, pedi meu presentinho adiantado,




como sempre faço, ele torceu o nariz, mas pagou pra ver.


Tomou um banho, e quando voltou eu o aguardava no quarto. Começamos


com muito oral, ele me chupava, ora passando a lingüinha no meu rabinho,


hora na minha bucetinha ou até me fazer gozar na boquinha dele, toda vez que


eu colocava o preservativo, o pau dele dava uma broxada, transamos bem


gostoso diversas posições. Voltamos pro oral 69, ele por cima de mim,


comecei a chupar o pau dele e passar o dedinho no rabinho dele, percebi que ele


gostou, então falei tenho um brinquedinho o G-Men quer experimentar?


Disse que sim. Mas ele não curtiu a idéia então eu continuei com meu dedinho,


Continuamos no oral até ele gozar,


Depois que terminamos a brincadeira, começamos a conversar sobre séries de Tv,


que gosto de ver, e sobre remakes de músicas. Terminei de baixar a música que


me indicou “The passenger”, Siouxsie & The Banshees, gostei da versão.


Mas ainda prefiro “The Passenger” do Iggy Pop” heim.. Bjosss.Tatty

quem são as pessoas que ligam de número não-identificado?
Aqueles que não querem se identificar, aqueles que não querem revelar o número, aqueles que querem manter a privacidade, responde você. Ok, justificável. Mas não é só isso não. A grande maioria de pessoas que ligam de número anónimo – lembrem que estou contando tudo isso por experiência própria – são estas:
1) Homens que procuram por relações desprotegidas, inclusive quando tal acompanhante deixa bem claro que não aceita qualquer tipo de relação desprotegida em seu website ou anúncio. Aliás, por vezes, ao invés de procurarem por aquelas que anunciam a oferta de relações desprotegidas… procuram aquelas que não aceitam as relações desprotegidas – tentando convencê-las do contrário – porque assim pensam correr menos risco, como se fosse de grande credibilidade se ela lhe dissesse “Está bem, mas será só contigo, tá, meu amor?” Portanto, sabendo que muitos homens que buscam pelas tais relações desprotegidas ligam de número anónimo, por que atender números anónimos se ela já sabe que há uma grande possibilidade de que seja alguém a procurar por algo que ela não faz/aceita?

2) Pessoas a brincar ao telefone. Entre elas menores de idade, homens a se masturbar e ligando para ela ao invés de ligar para uma linha erótica, homens que vão ligar quando estiverem perto de outros homens – conhecidos ou não – apenas para que saibam que estão ligando para uma acompanhante (para se sentirem mais machos) etc. Mais uma probabilidade… mais um motivo para não ficar muito alegre quando o visor aponta a palavra “anónimo” ou “desconhecido”.

3) “Pesquisadores”. São aqueles homens que passam o dia inteiro ligando de acompanhante para acompanhante para saber as informações, mesmo quando esta pode estar explícita no seu anúncio ou website. Os “pesquisadores” costumam começar o telefonema com “quais são as condições?”, “quanto é?”, “como é?” ou com “o que faz?”, ou seja, não se dão ao mínimo trabalho de consultar a informação disponível antes de fazer o telefonema. Os “pesquisadores”, inclusive, são capazes de desligar o telefone na cara da acompanhante quando chega na informação que lhe interessa. Por exemplo, se ela, com a maior boa vontade do mundo aceita dar as informações ao telefone quando ele afinal poderia ter consultado a sua página, pode ser que quando chega na informação que para ele – que não disse ser isto o que queria exactamente saber – é a mais importante, e se esta não condiz com aquilo que para ele é importante… desliga o telefone na cara da acompanhante, assim mesmo, sem a mínima educação. Ou seja, a probabilidade de que seja uma pessoa grosseira e sem educação também é muito grande, portanto se a acompanhante não quer atender esse tipo de público o telefonema anónimo nem sempre será atendido ou olhado com bons olhos.

4- Os conquistadores baratos metidos a Don Juan. Típico: ligam dizendo que são muito lindos, que são muito maravilhosos, que querem tomar um copo contigo, que você não vai se arrepender, que vai ficar encantada por ele (se calhar nem vai cobrar a companhia, assim pensam, nem um pouco modestos, pois não?) Aí vêm cheios de nhém-nhém-nhém, se sentindo a última bolacha do pacote, aquela conversa para boi dormir, e ali te consumindo ao telefone, dizendo o quanto você vai agradecer por ele ter convidado para tomar um copo, e eu tentando terminar o telefonema, não querendo usar da má educação, o homem ali insistindo, achando um absurdo ter que insistir sendo ele assim tão gostoso, e voltando a insistir no copo, e eu nessa altura já quase dizendo que se gostasse de tomar copo ainda estaria trabalhando numa casa de alterne. Em verdade esses homens buscam nas acompanhantes um encontro gratuito – talvez depois da falta de sorte nas discotecas, redes sociais e sites de encontros do estilo “alma gémea” e “par perfeito” – e por se acharem lindos de morrer – nem um pouco convencidos, pois não? – acreditam que a acompanhante vai levantar as mãos para os céus pelo convite. Isso porque na cabeça deles – e na verdade na cabeça de muita gente – os clientes de acompanhantes são em maioria homens muito feios, muito porcos, muito sujos, muito nojentos, e portanto para eles a acompanhante vai ficar felicíssima com a proposta, se calhar até o convida para ser seu chulo. Então nessa hora você já pensa: “Me poupe, me economize, não sou sabonete para você ficar me gastando”. Mais um telefonema anónimo…

5- Os ocupadíssimos. Para começar eles acham que são mais ocupados que você, portanto você pode estar disponível na hora que ele quer, ele não. Os ocupadíssimos costumam ligar quando estão no meio de uma reunião de negócios, quando estão num jantar com a família, quando estão no trânsito e já vendo a polícia lá no virar da curva, quando estão cortando os pêlos do nariz e do ouvido, quando estão no meio de uma festa e você nem conseguirá ouvi-los, quando estão num mictório público. Ou seja, por ligarem nas horas mais impróprias não há nem como ter uma boa conversa com eles, mas também não buscam isso, o que querem é que você dê as informações, o homem ouve e quando der te procura para um contacto ao vivo (isto é, se um dia ele voltar a se lembrar). Também há uma probabilidade muito grande de desligar o telefone na sua cara, nem preciso dar exemplos de interrupções devido ao local e momento não propício que decidiram contactar uma acompanhante, preciso? E ligam de número privado justamente por isso, para se sentirem à vontade de desligar o telefonema no momento que “precisarem”, sem assim pensarem correr o risco de receber a chamada de volta. Ou seja, para começar não valorizam o encontro, acham que um encontro é quase o mesmo que encomendar uma pizza pelo telefone, se valorizassem reservariam um tempo mais propício para conversarem sobre o assunto. Consequentemente, se este homem vier mesmo um dia a se encontrar com a acompanhante – voltando a ligar de número anónimo – não reservará um tempo propício para esse encontro, sendo interrompido a todo o momento, podendo não estar inteiro durante o encontro, podendo inclusive perder a erecção durante o acto porque vai se lembrar de mil coisas tão ou mais importantes – como encomendar uma pizza – e não vai se entregar e se concentrar no acto, aquele que é entre duas pessoas, sabe qual é? Já sabendo disso que, se um homem liga quando afinal nem pode falar, e se a conversa não é interrompida pela finalização do telefonema, só há uma resposta a ser dada: «Marcar um encontro? Ok, dia 31 de fevereiro à tarde.»

Estes são apenas alguns exemplos de casos que provêm geralmente de números anónimos. Casos que denunciam posturas e comportamentos daqueles que ligam, casos que denunciam a falta de seriedade daquele que contacta a acompanhante. Ou seja, se você é um homem sério e pensa em ligar de um número anónimo, haverá uma grande probabilidade de ser confundido com todos os outros que não são sérios.



Nesta ultima sexta-feira, recebi a visita de um cliente ilustre, um principe só faltou o cavalo branco.


Cheguei ao quarto de hotel,  ele estava  com uma garafa de vinho chileno e uma caixa de bombons de licor deliciosos.


Mas infelizmente a garafa de vinho não conseguimos abrir, mesmo assim foi maravilhoso estar com aquele homem, tão agradavel que me enchia de elogios, me sentia uma princesa até massagem eu recebi.


Hj eu tomei o vinho sozinha, refletindo que todos os homens poderiam ser assim.


Bebi ate ficar mais assanhada do que ja sou, a minha bucetinha piscava.


Logo depois tive um encontro no Saint Paul  com um americano, que por sinal tinha o nome de principe (Charles).


Já fui com a maldade na cabeça, chegando lá tirei a minha roupa, e mandei que me chupasse bem gostoso, ele chupou até o meu cuzinho que coisa maravilhosa, aquele homem completou a minha noite, por mim ficaria a noite toda com ele, mas como tinha que levantar cedo no dia seguinte, então fui mas com saudades no coração.


Este final de semana foi avassalador com esses homens maravilhosos, que so querem me dar prazer.


Obrigado homens por vcs existirem e me fazerem tão feliz!!!!


Bjus

…LABIOS DE MEL

..OLHAR SENSUAL..QUER MAIS…SÓ LIGAR!


Taty moreno, 30 anos, acompanhante de Luxo, Atende nas cidades de São José do Rio Preto, Barretos e região sendo assim, muito requisitada por homens de bom gosto, que apreciem uma companhia de alto nível, carinhosa, sensual e discreta.Taty dedica uma parte do seu tempo em oferecer serviços completos de acompanhante.

Uma mulher que está sempre disposta a realizar novas experiências a dois e assim descobrir cada vez mais os infindáveis segredos do sexo masculino…

Me ligue estarei esperando a sua ligação…

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.